Oi conclui etapa final de anel ótico de 2,6 mil km em MT

Foto: Bruno do Amaral

Como parte de um projeto do anel ótico de 2,6 mil km ligando cidades no Mato Grosso com uma rede de capacidade inicial de 40 Gbps, o que aumentará a capacidade da infraestrutura anterior em 25 vezes, a Oi anunciou nesta sexta-feira, 18, a conclusão de uma das últimas etapas da implantação dos 490 km finais que conectarão as cidades de Alta Floresta e Juína. Segundo a operadora, essa fase final contou com 17 profissionais (supervisores, engenheiros e técnicos mergulhadores) para instalar 1,3 km de fibra subaquática no leito do Rio Jurena (800 km de Cuiabá), beneficiando municípios na região centro-oeste matogrossense.

A Oi afirma que a conclusão dessas obras completa o anel, que deverá estar operacional já no primeiro trimestre de 2016 e poderá trazer benefícios "diretos e indiretos" para 39 municípios na rota da rede. A infraestrutura, que inclui a instalação de equipamentos DWDM de grande capacidade e que será interligada ao backbone nacional da empresa, deverá melhorar não apenas a qualidade da banda larga, mas também promete benefícios para as redes móveis 2G e 3G. A tele diz que, de janeiro a setembro, investiu R$ 55 milhões no estado.

Anel ótico da Oi em Mato Grosso. Foto: Divulgação
Anel ótico da Oi em Mato Grosso. Foto: Divulgação

3 COMENTÁRIOS

  1. É com orgulho que leio esta matéria.
    Posso dizer que fiz parte desta história,o começo de tudo isso foram os rádio-enlaces 5Ghz pdh e depois sdh.
    Parabéns á filial MT!.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.