Serviços do teleporto abrangem rede privada, capacidade e banda larga

O objetivo do teleporto do RJ é atender empresas sediadas no Estado, como a 360networks e a Global Crossing, operadoras de cabos submarinos com quem fechou recentemente contratos de permuta de direito de passagem (swap). Gouveia diz que os teleportos da empresa estão capacitados para oferecer linhas distintas de negócios como conectividade, redes privadas, carriers, soluções para TI e Internet e telefonia de banda larga. A Impsat tem 2 mil km de fibras ópticas instaladas no Brasil, sendo 200 km no RJ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.