Publicidade
Início Newsletter Vivo avança em proposta de crédito para lojas e open finance

Vivo avança em proposta de crédito para lojas e open finance

Sandro Sinhorigno, diretor de soluções financeiras digitais da Vivo. Foto: Divulgação

[Publicado originalmente no Mobile Time] A iniciativa da Vivo no mundo financeiro ganhará novas opções de serviços aos seus consumidores em breve, como oferta de crédito e open finance. Em conversa recente com Mobile Time, Sandro Sinhorigno, diretor de soluções financeiras digitais na empresa, a operação do Vivo Money chegará nas lojas da companhia nos próximos meses.

“Estudamos sempre todas as possibilidades. Como temos uma estrutura 100% controlada pela Vivo, o próprio Vivo Money será uma opção de financiamento de smartphones e produtos dentro da própria loja. Não entrará no billing”, diz o executivo ao explicar que será uma extensão da sua atual oferta, que permite empréstimos de R$ 500 a R$ 50 mil aos clientes da operadora.

Questionado se o Vivo Money pode ir para “mar aberto” e atender consumidores que não estão na base da operadora, o diretor não descarta essa hipótese. Contudo, ele ressalta que a Vivo tem bastante espaço para crescer no crédito. Um exemplo são os clientes PMEs que ainda não são alcançados pelo serviço financeiro. E lembra ainda que a operadora tem outro serviço financeiro de mar aberto, a carteira digital Vivo Pay. Contudo, este serviço tem mais o intuito da inclusão bancária.

Notícias relacionadas

Microcrédito

Outra solução que pode entrar no Vivo Money é o microcrédito. A companhia já oferece empréstimo de pequeno porte, o Vivo Crédito Antecipado, que oferece de R$ 10 a R$ 20 para que o cliente do pré-pago faça recarga. Mas o serviço de microcrédito que deve entrar na estrutura financeira e tecnológica do Vivo Money e será ofertado de maneira livre: “o cliente poderá gastar o dinheiro como quiser”, conta o executivo da operadora.

Contudo, Sinhorigno explica que a mecânica do microcrédito da Vivo será similar ao Crédito Antecipado. Ou seja, será um gasto recorrente, mas sem afetar suas finanças.

Open finance

A Vivo também prepara sua inserção no sistema financeiro aberto, o open finance. De acordo com o diretor de soluções financeiras, a operadora está conversando com parceiros para trazer um consultor financeiro (advisor) para o primeiro trimestre de 2022. A ideia do gestor da operadora é que este serviço traga “conveniência de educação financeira” ao consumidor.

“O nosso propósito é digitalizar para aproximar, cada vez mais como uma empresa de tecnologia, menos como uma empresa tradicional de telecom. O ecossistema não passa só por finanças, estamos falando de entretenimento, saúde, educação, cibersegurança. É um movimento contextualizado de necessidade para os clientes da Vivo”, diz.

“Portanto, (o cliente) pode fazer um empréstimo para um serviço financeiro, ter sua primeira experiência financeira com o Vivo Pay (carteira) ou comprar produtos nas lojas. O movimento que estamos fazendo dentro da Vivo é que as soluções financeiras sejam enablers para que o cliente tenha conveniência e acesso a serviços”, completou.

Cartão

A operadora ainda atualizou outra oferta nesta segunda-feira, 18, o cartão de crédito co-branded com o Itaú, Vivo Itaucard. Com opções de bandeira Visa ou Mastercard nas versões gold ou platinum, é possível parcelar compras no site da Vivo em até 21 vezes, optar por receber cashback de até 10% (inclusive pagamento de fatura) em compras na operadora ou anuidade zero na tarjeta.

Agora, se considerar apenas os cartões com a bandeira Visa, será possível parcelar compras feitas em lojas próprias da Vivo em até 24 vezes sem juros.

Com expectativa de alcançar os clientes na Black Friday deste ano, o cartão pode ser contratado nas lojas físicas e online da operadora. Se adquirido no varejo de rua, o cliente recebe limite dobrado na primeira compra com a tarjeta platinum. O limite mínimo exigido é de R$ 800.

MobiFinance

Sandro Sinhorigno participa do segundo painel do primeiro dia do MobiFinance, seminário online sobre serviços financeiros digitais e comércio móvel que acontece na terça-feira, 19, e na quarta-feira, 20. “O celular como veículo de acesso a crédito no Brasil” abordará como o smartphone e seus dados estão sendo utilizados para a oferta e contratação de empréstimos. O MobiFinance reunirá 28 executivos de alto escalão de bancos, fintechs, marketplaces, operadoras de telecom e fornecedores de soluções.

Mais informações estão disponíveis no site do MobiFinance ou com a equipe de eventos do Mobile Time: eventos@mobiletime.com.br / 11-96619-5888 / 11-3138-4619 (WhatsApp).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile