Huawei mudará sede regional do Brasil para a Argentina

A Huawei mudará a sede regional do Brasil para a Argentina, embora ainda não tenha divulgado data para que a operação aconteça. A sede brasileira da empresa chinesa confirmou a mudança em breve comunicado nesta sexta-feira, 18, ressaltando que "as operações locais continuam sob responsabilidade do CEO Veni Shone".

De acordo com a Agência Nacional de Notícias Télam, a ministra da Indústria da Argentina, Debora Giorgi, afirmou na terça-feira, 15, que a Huawei iria investir US$ 20 milhões para efetuar a mudança de sede de São Paulo para a capital Buenos Aires, onde ficará o escritório que comandará os departamentos de finanças, logística e serviços, vendas, jurídicos, contratos e recursos humanos, de marketing, e de administração. Com isso, a empresa criaria 200 novos postos de trabalho no mercado argentino.

Além disso, a Huawei iria também aumentar em 1,5 milhão de unidades a produção local de dispositivos móveis a partir de 2014. A chinesa ainda teria assinado acordos de cooperação com nove universidades argentinas para capacitação de mão de obra.

Procurada por este noticiário, a assessoria da Huawei no Brasil afirmou que apenas a parte de negócios da região sul da América do Sul mudará para a Argentina, e que as operações brasileiras permanecem. "O Brasil é um dos principais mercados da Huawei em todo o mundo e o maior mercado da empresa na região", afirmou a empresa no comunicado. "Para os clientes, não muda nada, eles continuam sendo atendidos da mesma forma".

Em agosto, a companhia chinesa anunciou a fabricação brasileira de smartphones em parceria com a Compal Electronics em sua planta na cidade de Jundiaí, interior paulista. Na ocasião, Veni Shone afirmou que o investimento para a produção local dos handsets era de R$ 5 milhões até 2014, com previsão de produção de 100 mil unidades do modelo G510 exclusivamente para abastecimento do mercado brasileiro. Na época, ele assinalou a possibilidade de exportação para os países vizinhos na América do Sul a partir do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.