Vivo expande cobertura LPWA para cerca de 400 cidades

Foto: Pixabay

A Vivo expandiu sua rede com tecnologia LPWA dedicada ao mercado de máquina-à-máquina (M2M) e Internet das Coisas para cerca de 400 cidades no País. Segundo informou o braço B2B Vivo Empresas nesta quarta-feira, 18, essa expansão incluiu diversas capitais como São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Belém, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. Assim, as redes de Narrow Band (NB-IoT) com a faixa de 700 MHz, e a LTE-M nas frequências de 700 MHz e 1.800 MHz, alcançam agora uma cobertura de 47% da população brasileira, que representam 60% do PIB nacional.

O objetivo da Vivo é incluir mais municípios cobertos nos próximos meses, eventualmente chegando a todas as cidades onde a operadora já conta com cobertura 4G para usuários finais. Em comunicado, o head de marketing e produtos IoT/Big Data B2B da Vivo, Diego Aguiar, confirmou a intenção de seguir com o cronograma de expandir a infraestrutura LPWA. "Com as redes NB-IoT e LTE-M, que são complementares ao nosso portfólio de conectividade existente, nossos clientes podem optar pela tecnologia que melhor atende as suas necessidades, garantindo aos dispositivos conectados maior autonomia de bateria e operação mais eficiente." 

As primeiras redes NB-IoT e LTE-M foram lançadas no início deste ano na cidade de Chapecó (SC). A companhia ressalta que as tecnologias são essenciais para suportar o grande número de dispositivos conectados previstos para os próximos anos. Além da conexão, a Vivo trabalha também com a plataforma própria de gestão de dispositivos, o Kite Plataform, que possibilita habilitar serviços, acompanhar status de conexões em tempo real, localização aproximada e evitar utilização indevida. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.