Data Center da Angola Cables terá incentivos do governo brasileiro

A operadora de telecomunicações Angola Cables, que construirá cabo submarino com 6 mil km de extensão para interligação direta de dados entre Angola e Brasil e Estados Unidos até 2017 (o South Atlantic Cables System), além da construção de um Data Center, terá incentivos do governo brasileiro. O projeto da construção do Data Center, em Fortaleza, foi aprovado no âmbito do Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga para Implantação de Redes de Telecomunicações (REPNBL).

O valor do investimento que será beneficiado é de mais de R$ 92 milhões. Esses recursos poderão ser reduzidos com a desoneração fiscal do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). A desoneração vale para aquisições de bens e serviços que tenham sido incorporados às obras ocorridas entre a habilitação do projeto e o dia 31/12/2016. A redução média fica em torno de 11%, mas, dependendo do projeto, pode chegar a 25%.

A desoneração será dada à subsidiária nacional da empresa angolana, a Angola Cables do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.