Pão de Açúcar inova experiência de compra com leitor Wi-Fi

A rede de supermercados Pão de Açúcar promete combinar comodidade, inovação e interatividade ao sistema de compras por meio de um leitor de código de barras WiFi integrado com um sistema de banco de dados. A novidade, já em operação, foi apresentada nesta terça-feira, 18, pela companhia varejista sob o nome de Personal Shop, um coletor de dados WiFi touch screen desenvolvido pela Motorola e pela Seal e disponível somente para os 2 milhões de clientes do programa de fidelidade "Pão de Açúcar Mais". Para fazer suas compras com esse novo sistema, basta que o cliente aproxime o leitor do dispositivo móvel ao código de barras do produto que, por sua vez, é automaticamente incluído na lista. O sistema dispensa o uso do carrinho de supermercado, uma vez que o comprador não precisa carregar nada, somente o coletor para ir registrando os itens que deseja. Cumprida essa etapa, o usuário passa no caixa, devolve o terminal, efetua o pagamento e recebe o cupom da compra. Se tiver efetuado uma compra de, no mínimo, R$ 70 ele também pode escolher o serviço delivery. Neste caso, o Pão de Açúcar separa os itens da compra e entrega na residência do cliente, cobrando uma taxa de R$ 7,90. O Personal Shop está disponível somente na unidade do shopping Iguatemi, na capital paulista, e o serviço de delivery aos clientes cujas residências se encontram num raio de 4 mil metros da loja. Para João Edson Gravata, diretor de operações da rede Pão de Açúcar, o sucesso da operação e a aceitação dos usuários na loja Iguatemi garantirá a implantação do sistema em outras unidades do país até o final do ano. Ele ressalta outros benefícios do Personal Shop. "A solução também mostra o valor total da compra dos itens selecionados sem que o cliente tenha de passar pelo caixa, gera listas de compras habituais, de acordo com o perfil do consumidor, localiza os produtos na loja, sugere ofertas, promoções e até receitas e dicas nutricionais", diz. Outra facilidade do Personal Shop é relacionar os produtos que estão sendo comprados a uma determinada receita gastronômica que consta do banco de dados. Esta receita é enviada automaticamente ao dispositivo móvel no momento em que o cliente efetua suas compras, com a informação de quais os itens adicionais necessários para o preparo daquela receita. Esse serviço também pode ser enviado por e-mail ao cliente.
Investimento
De acordo com Joaquim Dias Garcia, diretor de TI do Grupo Pão de Açúcar, o investimento na nova solução foi baixíssimo. "A rede WiFi já estava instalada na loja do shopping Iguatemi, para outros fins. Além do mais, nossos parceiros tecnológicos (Seal e Motorola) não cobraram nada, por considerarem esta uma oportunidade estratégica de posicionamento tecnológico", comemora. "Foi bom para todo mundo", acrescenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.