Claro baixa preços e relança serviço de armazenamento e sincronização na nuvem

O serviço de armazenamento e sincronização de arquivos na nuvem da Claro, lançado em novembro de 2012 com o nome de Ideias Sync ganhou novo design e foi relançado nesta quarta, 18, com o nome de ClaroSync. O serviço já tem mais de 1 milhão de usuários e permite que o cliente atualize ou compartilhe informações arquivadas entre diferentes dispositivos móveis e computadores. Com o serviço é possível fazer upload e download de arquivos como fotos, vídeos, músicas e documentos, organizado-os em pastas, sem sobrecarregar a memória dos equipamentos, já que fica tudo arquivado no espaço virtual.

Os clientes da Claro têm acesso gratuito a um espaço virtual com capacidade de 5GB e os pacotes pagos, para espaços maiores, tiveram seu preço reduzido em relação ao lançamento. Para se ter uma ideia, o pacote de 10 GB que custava R$ 9,90 ao mês está custando R$ 4,90 e o de 100 GB passou de R$ 29,90 para R$ 26,90 mensais. A iniciativa da Claro responde a outras ofertas de armazenamento em nuvem, principalmente de provedores de serviços como Google, Apple e Amazon, que têm opções mais baratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.