Hélio Costa quer unificar América Latina com ISDB-T

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, reforçou na quarta-feira, 17, a intenção de levar o sistema nipo-brasileiro de TV digital para os países da América do Sul. "Nós nos sentimos na obrigação de compartilhar com os países da América do Sul. Quero lançar um sistema Bolivariano de televisão digital", disse o ministro na Embaixada do Japão, em Brasília, onde ocorreu uma demonstração da tecnologia japonesa ISDB-T (Integrated Systems Digital Broadcasting Terrestrial), adaptada ao SBTVD (Sistema Brasileiro de Televisão Digital), a embaixadores de países da América do Sul.
Na embaixada, aparelhos das marcas Panasonic, Sony, Semp Toshiba, Sharp e Primotech21 exibiram a programação digital de emissoras brasileiras em LCD, plasma, telefones celulares de última geração e computadores. O Embaixador do Japão no Brasil, Ken Shimanouchi, disse que o Brasil está investindo no setor de eletroeletrônicos e é o objetivo do Japão estar cooperando. "Temos grande expectativa que a América Latina se unifique com o ISDB-T", disse ele.
Recentemente, o Peru anunciou que vai adotar o ISDB-T e as negociações com a Argentina e o Chile estão bastante avançadas, segundo Hélio Costa. O ministro disse ainda que o objetivo do sistema nipo-brasileiro é atender à comunidade sul-americana e permitir que os países se entendam mutuamente. "Imagine o que podemos fazer nas fronteiras, porque o sistema é disparado o melhor do mundo", completou.

Notícias relacionadas
No início de julho, Hélio Costa reúne-se com o Ministro de Transportes e Comunicações do Peru, Enrique Cornejo, em Brasília para tratar de TV digital. O Peru, vale lembrar, já optou pelo padrão nipo-brasileiro. Recentemente, um comitiva de radiodifusores daquele país veio ao Brasil acompanhar o processo de transição para TV digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.