Cooperação entre Brasil e União Europeia para pesquisas de TIC recebe 50 propostas

Foto: Erkin Sahin/FreeImages.com

Com um aumento de 28% em relação ao edital anterior, a quarta edição da Chamada Coordenada Brasil – União Europeia, destinada à pesquisa em TICs, recebeu 50 propostas. De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) nesta terça, 18, foram 33 projetos de Internet das Coisas (IoT), 13 de cloud e quatro em redes 5G. Os resultados devem ser divulgados até julho, e a execução dos projetos deverá começar em janeiro de 2018. A aliança entre governo brasileiro e o bloco econômico europeu foi iniciada em 2010 e deverá investir 16 milhões de euros em seis projetos com duração de três anos.

De acordo com o coordenador de projetos do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Wanderson Paim, o trabalho exige grande esforço conjunto dos coordenadores. "Geralmente, os consórcios são compostos por uma média de cinco instituições brasileiras e outras cinco europeias, que devem se coordenar para escrever uma proposta com cerca de cem páginas, incluindo um breve resumo dos pesquisadores proponentes. Os desafios começam desde a formação do consórcio, que depende dos interesses, escolha dos temas e foco das propostas, até a escrita e formatação adequadas", disse ele, no comunicado do MCTIC.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.