Em meio ao coronavírus, operadoras se põem à disposição para detalhar medidas

Foto: Pixabay

Representando as principais operadoras de telecom do País, o SindiTelebrasil publicou nesta quarta-feira, 18, um comunicado no qual reforçou o compromisso com a garantia de conectividade durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). As empresas também se colocaram à disposição do governo federal e de outras autoridades competentes para detalhar e discutir novas medidas complementares que se fizerem necessárias.

Nesta quarta-feira, as medidas emergenciais solicitados pela Anatel durante o último final de semana estarão em discussão pelo governo e pelas operadoras; algumas preocupações do setor com as exigências durante a crise de saúde pública foram adiantadas por este noticiário. Em paralelo, as principais empresas também têm assumido uma série de iniciativas voluntárias.

"As prestadoras estão tomando desde semana passada importantes iniciativas no auxílio ao combate da doença, como ações para ampliar o acesso aos serviços para os usuários, campanhas de informação à sociedade e políticas internas para preservar os funcionários das empresas", sinalizou o SindiTelebrasil.

Veja na íntegra o comunicado publicado pela entidade:

Setor de telecom adota medidas no combate ao coronavírus

Brasília, 18/03/2020 – As Prestadoras de serviços de telecomunicações, representadas pelo SindiTelebrasil, reforçam seu compromisso com a garantia de conectividade e acesso a serviços digitais, diante do grave problema de saúde pública causado pela pandemia do novo coronavírus.

O setor de telecomunicações reconhece o seu papel viabilizador da comunicação e assistência em casos de isolamento forçado, bem como de instrumento informacional essencial no combate à pandemia e de suporte às atividades de outros setores da economia. Por isso, as prestadoras reforçam o seu compromisso com a garantia de conectividade, que neste período de dificuldades de deslocamento é elemento chave para viabilizar as relações pessoais, de estudo e de trabalho.

As prestadoras estão tomando desde semana passada importantes iniciativas no auxílio ao combate da doença, como ações para ampliar o acesso aos serviços para os usuários, campanhas de informação à sociedade e políticas internas para preservar os funcionários das empresas.

O SindiTelebrasil se coloca à disposição do Governo Federal para detalhar e discutir novas medidas complementares que se fizerem necessárias e para colaborar com o Executivo Federal ou com eventuais Comitês e Grupos de Crise que porventura venham ser criados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.