TIM realiza testes de longa distância de NB-IoT no interior de Goiás

Após a realização de testes em parceria com a fornecedora Ericsson, a TIM confirmou o funcionamento da sua NB-IoT em cima da rede comercial 4G da operadora em Goianésia, interior de Goiás. A empresa comunicou nesta segunda, 18, que executou experimentos de conectividade entre diferentes plataformas de Internet das Coisas em uma distância de 100 km e em diferentes direções da estação radiobase localizada em uma fazenda na região, a Jalles Machado, parceira do projeto "4G TIM no Campo". 

Os testes utilizaram a tecnologia LPWAN em NB-IoT na faixa de 700 MHz (banda 28). Com o equipamento da Ericsson, a operadora diz ter aumentado os limites da cobertura de 40 km para 100 km sem impacto nos dispositivos.

A tele diz que os testes abrem caminho para a viabilização de soluções IoT em locais mais afastados, com menor densidade populacional. A TIM já oferece NB-IoT comercialmente em Santa Rita do Sapucaí (MG), Itajubá (MG), Cataguases (MG) Correntina (BA), Campinas (SP) e Rio de Janeiro. Até 2020, a companhia pretende ter mais de 4 mil municípios operando na faixa de 700 MHz, o que abre as portas para mais soluções NB-IoT, entre outros serviços em 4G. A TIM sugere ser uma "facilitadora" para soluções de Internet das coisas por meio de disponibilização de tecnologia para clientes corporativos, atualmente com foco em agronegócio, sensores de poluição de cidades e smart utilities, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.