Venda de aparelhos 3G segue em ritmo mais forte que modems USB

A venda de handsets 3G continua tendo um desempenho muito superior ao de modems 3G, é o que revela a evolução dos dados do SMP de fevereiro divulgada nesta quinta-feira, 18, pela Anatel. O grande salto aconteceu, entretanto, de dezembro a janeiro quando o número de handsets 3G no mercado saiu de 4,09 milhões para 7,465 milhões; em fevereiro esse número de handsets foi para 8,100 milhões.
No caso dos minimodems 3G percebe-se também a manutenção de um ritmos lento e constante de vendas. A base em dezembro era de 4,573 milhões, 4,721 milhões em janeiro e, agora em fevereiro, foi para 4,867 milhões. De janeiro a fevereiro foram adicionados cerca de 636 mil celulares 3G e apenas 146 mil minimodems.
Os números refletem a estratégia comercial das operadoras de desestimulare a venda dos modems 3G por conta da sobrecarga na rede de dados. No caso dos aparelhos, o crescimento acontece porque a operadora tem menos ingerência sobre os modelos mais sofisticados que chegam ao mercado.
O Brasil chegou a 1,17 milhão de habilitações em fevereiro (crescimento de 0,67% em relação a janeiro), o que deixou a base com 176.771.038 de acessos do Serviço Móvel Pessoal (SMP) e densidade de 91,87 acessos por 100 habitantes (crescimento de 0,59% sobre o mês anterior). O crescimento no segundo mês do ano é o segundo maior da série histórica, atrás apenas de fevereiro de 2008. Apenas 17,46% da base é pós-paga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.