Termina consulta pública; Anatel recebeu 400 sugestões

Foi encerrada na segunda, dia 17, a consulta pública das novas minutas dos contratos de concessão de telefonia fixa, seus anexos, o novo plano de metas de qualidade (válidos a partir de 2006) e as diretrizes para a prorrogração. Os documentos foram lançados em consulta no dia 27 de dezembro de 2002. A consulta recebeu cerca de 400 contribuições, sendo 167 por meio do formulário eletrônico, duas por e-mail e 230 durante as audiências públicas promovidas pela Anatel. As contribuições serão analisadas pelas superintendências de Serviços Públicos e de Universalização da agência e o documento final será submetido ao Conselho Diretor. A minuta definitiva deve estar pronta até junho, prazo final para que as empresas decidam se querem ou não prorrogar os contratos.
No entanto, ainda não se sabe como evoluirá o andamento da consulta uma vez que o ministro das comunicações, Miro Teixeira, chamou para si todo processo de renovação dos contratos, manifestando-se desde já contrário à indexação de reajustes na nova minuta. Este item fazia parte da proposta colocada em consulta pública pela Anatel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.