China Unicom posterga lançamento de aparelhos Android

A operadora móvel chinesa China Unicom anunciou que adiou "indefinidamente" o lançamento de seus primeiros aparelhos com o sistema operacional Android, da Google. Um modelo da Motorola, chamado XT701, e um da Samsung, batizado de GT-i6500U, estavam programados para chegar às lojas esta semana. Oficialmente, a operadora atribuiu o atraso à necessidade de resolver alguns problemas técnicos. Entretanto, correm rumores de que a decisão seria uma retaliação à ameaça da Google de deixar a China.
Esse não é o primeiro revés sofrido pela Google no mercado de smartphones chinês. A China Mobile, outra operadora do país, decidiu recentemente incluir o sistema operacional Symbian em sua estratégia para o futuro, que antes estava totalmente focada no Android.
Na análise do site Rethink Wireless (www.rethink-wireless), os maiores beneficiados pelo adiamento da China Unicom são a Nokia e a Apple, enquanto Motorola e Samsung saem perdendo. Desde seu lançamento, em outubro passado, mais de 100 mil unidades do iPhone já foram vendidas pela China Unicom.
Fragmentação
Vale lembrar que a China Unicom criou uma interface com o usuário própria para o Android, chamada Uphone, que não necessariamente teria aplicativos da Google na homescreen dos celulares. O mesmo foi feito pela China Mobile. Rethink Wireless destaca esses movimentos como um sinal de fragmentação do sistema operacional da Google, o que pode vir a ser um problema no futuro, já que os aplicativos para uma determinada versão não funcionam em outras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.