Huawei define prioridades para fabricação local em 2008

A Huawei prevê forte crescimento em 2008 com a implantação de redes de terceira geração (3G) no Brasil. A empresa já é fornecedora da Claro para as cidades de Fortaleza, Recife e Brasília e está participando de outras RFPs (request for proposal) para prover infra-estrutura. Em 2008 a Huawei também inaugura sua fábrica no Espírito Santo já com uma lista de prioridades, seguindo a demanda do ano que vem. Segundo Carlos Alberto Inglez, gerente de marketing de redes móveis para América Latina, a empresa estuda a fabricação local de produtos ADSL, terminais 3G, cartões para banda larga, equipamentos de infra-estrutura 2G e 3G e sistemas de transmissão óptica. ?A entrada da Oi em São Paulo e a cobertura nacional da Vivo vai demandar equipamentos 2G que também farão parte da linha de produção?, diz o executivo.
A fábrica brasileira é a segunda da Huawei que tem uma unidade na China, além dos centros de pesquisa e desenvolvimento localizados na Índia, Suécia e Estados Unidos. Segundo Inglez, a empresa também planeja abrir um centro de pesquisa no País que atuará em conjunto com a unidade de produção.
Mundialmente a Huawei faturou US$ 11 bilhões em 2006, e US$ 310 milhões no Brasil. A empresa deve divulgar a receita em 2007 em janeiro.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.