TIP e WBA vão colaborar para coordenação de WiFi em 6 GHz

A Wireless Broadband Alliance (WBA) e o consórcio Telecom Infra Project (TIP) anunciaram nesta quarta-feira, 17, uma expansão da colaboração entre as entidades, que agora também envolverá a busca de tecnologia para equipamentos WiFi na banda não licenciada de 6 GHz (WiFi 6E e, futuramente, o WiFi 7).

Com a parceria, a WBA e associadas da aliança devem somar esforços com o Open Automated Frequency Coordination (Open AFC) do TIP. Criado em agosto, o grupo de trabalho busca um software open source para coordenação automática de espectro entre dispositivos WiFi e outros serviços na faixa de 6 GHz.

Segundo o TIP, cerca de 30 companhias estão envolvidas nas atividades do Open AFC. Entre elas estão inclusive fornecedoras que compõem a WBA, como a Cisco. Com a maturidade do software de coordenação automática, há expectativa de expandir limites de potência de equipamentos WiFi em 6 GHz sem comprometer a convivência com outros serviços.

Notícias relacionadas

"O impulso em torno da habilitação do uso da banda de 6 GHz é inconfundível. Mais de 41 países em todo o mundo já designaram 6 GHz para uso não licenciado e outros estão trabalhando ativamente para abrir a banda. Muitos desses países veem o valor de permitir operações de potência padrão que exigiriam coordenação automatizada de frequência (AFC)", afirmou a WBA.

No Brasil, por exemplo, a faixa de 6 GHz foi liberada para uso não licenciado, mas com restrições de potência para equipamentos WiFi.

"O objetivo do Open AFC é desenvolver uma implementação de referência de código aberto de um sistema AFC. Essa estrutura permitirá que dispositivos não licenciados na banda de 6 GHz operem em ambientes externos, bem como aumentem seu alcance interno, garantindo que os serviços existentes sejam protegidos de interferências", prometeu a WBA, em comunicado.

Essa não é a primeira colaboração entre a aliança de fornecedores e o TIP, liderado pelo Facebook ao lado de operadoras de telecom e fornecedoras. Em maio, já havia sido revelado que o padrão de open roaming da WBA seria utilizado na iniciativa de WiFi aberto do consórcio.

Deixe seu comentário