Telefonia fixa perde quase meio milhão de clientes no terceiro trimestre

As estatísticas do serviço de telefonia fixa (STFC) durante os meses de agosto e setembro revelaram uma queda acumulada de 486,7 mil acessos ao longo do terceiro trimestre de 2021.

Ao fim do nono mês do ano, 29,415 milhões de clientes contavam com linhas fixas ativas, em queda anual de 4,2%. As desconexões em setembro foram 214,9 mil, pouco menores que as 217,2 mil de agosto e bem acima das 54,4 mil de julho.

Notícias relacionadas

No segundo trimestre, o STFC havia perdido 411 mil acessos. Já nos primeiros três meses do ano, a marca ficara em 145,4 mil clientes a menos após adições positivas em janeiro e fevereiro.

Concessão e autorização

Se a telefonia fixa encerrou o segundo trimestre com mais clientes associados às operações de autorizadas do que às concessões do STFC, a tendência não se manteve após mudanças nas informações prestadas pelas operadoras.

Ao fim de setembro, 14,799 milhões de acessos eram atendidos pelas empresas donas de concessões do serviço. Em um ano, o grupo diminuiu 10,5%, mas voltou a representar mais da metade (50,3%) de todo o mercado de telefonia fixa.

Os clientes de autorizadas, por sua vez, eram 14,616 milhões em setembro, em crescimento anual de 3,1% mesmo após quedas na base nos últimos três meses. Uma das razões para as concessionárias terem retomado a ponta veio da Oi, que mudou mais de 800 mil acessos da categoria autorização para a concessão. A variação pode ser um erro no reporte de dados à Anatel.

Ao todo, a concessionária somava 8,914 milhões de linhas fixas em setembro, em queda de 7,4% no ano. A Claro vem em seguida, com 8,785 milhões de linhas (todas autorizadas) e diminuição anual de 3%.

Já a Vivo contabilizava 7,766 milhões de clientes de telefonia fixa, em decréscimo de 16,3% em um ano. Por último, mais de 3,1 milhões de contratos são detidos por prestadoras de pequeno porte (PPPs), em alta de 78%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.