Copel inicia testes massivos com PLC

A Copel Telecomunicações inicia neste mês testes massivos com a tecnologia powerline communication (PLC) em redes indoor, com investimento entre US$ 200 e US$ 300 por residência. O consultor de telecomunicações da empresa paranaense, Orlando Cesar de Oliveira, disse que será feito um plano de negócios no próximo ano para avaliar a implantação da tecnologia para todo o Estado em 2008. Serão necessários entre R$ 7 milhões e R$ 8 milhões para os testes.
O superintendente de telecomunicações da empresa, Carlos Moscalewski, disse que a rede de energia (da controladora Copel) está pronta, o que falta é fazer o estudo completo para a oferta generalizada: ?Não adianta oferecer se não for para todos. O que nós pretendemos fazer é justamente avaliar o percentual que se poderia ter nessa oferta, para não fazer nenhuma venda que não seja possível ser entregue.? O executivo afirmou que a PLC vem sendo desprezada pelo Brasil, aliás como qualquer outra tecnologia de acesso, "porque não existe uma ação política governamental efetiva de resolver o problema de acesso."
Oliveira disse que o fato de a empresa poder contar com uma rede elétrica instalada resolve o grande problema que é o da última milha: ?Então, é óbvio que a PLC, por causa dessa característica, é extremamente promissora.? Segundo o executivo, se os testes se mostrarem comercialmente viáveis, a tecnologia será oferecida para as operadoras que quiserem usar a infra-estrutura da Copel para atender as suas bases de clientes.

Notícias relacionadas
O assunto é abordado em entrevista com esses executivos na edição da revista TELETIME que circula neste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.