GVT lançará caixas de DTH com Wi-Fi

A GVT entrou no mercado de TV por assinatura em setembro de 2011 com um produto híbrido, com o broadcast dos canais lineares via DTH e serviços on-demand e interatividade baseados em uma plataforma de IPTV, vendendo os serviços apenas onde já tinha rede de banda larga. A estratégia da operadora se diversificou. Em julho de 2013 a GVT lançou pacotes de TV exclusivamente via satélite, com decodificadores de DTH simples, o que permitiu que a empresa pudesse oferecer pacotes de entrada com canais HD e custos mais atrativos. "Percebemos que nem todos os clientes estavam interessados nos serviços on-demand e as caixas simples de DTH têm um custo menor", lembra o vice-presidente de marketing e qualidade da GVT, Ricardo Sanfelice.

Tomando como referência os números divulgados pela Anatel, a GVT passou de 544,4 mil clientes em julho de 2013, quando o serviço de DTH simples foi lançado, para 821 mil em agosto de 2014, um crescimento de 51% e que coloca a GVT como um crescimento bem acima do registrado mercado brasileiro de TV por assinatura no período, de apenas 11%. "Hoje estamos com 850 mil clientes e cerca da metade deles estão com pacotes de DTH simples", revela Sanfelice.

Agora, entretanto, a GVT prepara uma forma mais barata de dar a conectividade também para esses pacotes de entrada, sem necessariamente ter de instalar um media gateway na casa do cliente. "Da forma como operamos hoje (nos pacotes híbridos) os decodificadores da casa recebem o sinal do media gateway através de cabos coaxiais com tecnologia HPNA. E isso encarece porque as caixas precisam ter modems integrados para dividir o sinal da TV do da banda larga. Estamos testando e negociando com fornecedores set-top boxes com Wi-Fi integrado e a expectativa de lançamento é para meados do ano que vem", conta. O Wi-Fi, de acordo com o executivo, trabalha em frequência e potência específica para a transmissão de vídeo, para evitar interferências hoje comuns em áreas com muitas redes Wi-Fi.

Ele explica que será possível dar conectividade aos assinantes de TV que têm apenas DTH porque, mesmo podendo vender um produto de satélite em todo o território nacional, a GVT preferiu manter sua oferta restrita às 156 cidades em que atua com redes fixas de banda larga e telefonia. "Não vendemos TV 'stand alone'. Todos os 850 mil clientes de TV já têm banda larga da GVT em casa", garante Sanfelice.

4K

A operadora também já deu início a testes internos de 4K. "Começamos há uns três meses. Por enquanto, estão limitados a alguns funcionários da GVT, com alguns conteúdos on-demand, que acredito que é por onde o serviço deve se iniciar por conta da oferta de conteúdos", diz. A expectativa é de que os testes sejam ampliados no ano que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.