Governo inclui tablets no "Minha Casa Melhor"

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou na última quarta-feira, 16, em reunião extraordinária, a ampliação da lista de produtos que podem ser adquiridos no âmbito do programa Minha Casa Melhor. Foram incluídos no programa os seguintes produtos: tablet, forno de microondas, móveis para cozinha e estante ou rack.

O preço máximo definido para o tablet é de R$ 800; do micro-ondas, R$ 350; dos móveis para cozinha, R$ 600; e de estante ou rack, R$ 350.

Em nota, o CMN, afirma que a inclusão desses itens atende a uma demanda por novos produtos dos beneficiários do programa. A linha de crédito do Minha Casa Melhor, operada pela Caixa Econômica Federal, continua sendo de R$ 5 mil. As compras podem ser parceladas em até quatro anos, com juros subsidiados de 5% ao ano. As demais condições do programa também não serão alteradas, nem o volume total disponível da linha de crédito anunciado inicialmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.