Publicidade
Início Teletime Novo serviço oferece risco de contrabando de terminais

Novo serviço oferece risco de contrabando de terminais

O uso de terminais contrabandeados é um risco possível no GSM, a partir do momento que um usuário, de posse de qualquer aparelho, pode comprar apenas o SIM Card para utilizar o serviço da operadora. O diretor geral da TIM Centro-Oeste, Marco Hendempergher, admitiu nesta quinta, dia 17, durante o lançamento da operadora, que a empresa não exige apresentação de nota fiscal de aparelho para vender o chip de identificação do cliente. "Nosso foco é venda do chip e da linha telefônica. Naturalmente, como o serviço é embrionário, estamos também vendendo equipamentos nas nossas lojas. E é claro, estes aparelhos têm nota fiscal", explicou o executivo. Para dificultar o uso de aparelhos clandestinos, a TIM e a Oi firmaram um acordo para realizar o cadastramento de aparelhos roubados, a serem bloqueados.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile