Oi volta a apresentar geração de caixa positiva em julho

Logotipo da Oi

A Oi voltou a apresentar geração de caixa operacional líquida em julho. Segundo o relatório divulgado pelo administrador da Recuperação Judicial, o Escritório Arnoldo Wald, nesta semana, a companhia reverteu o resultado negativo dos últimos meses (em junho, foi de R$ 69 milhões) e apresentou geração de caixa de R$ 8 milhões.

A última vez que a operadora havia registrado um resultado positivo foi em março do ano passado. Mas já há alguns meses a empresa estava revertendo lentamente a tendência de geração negativa. 

Em julho, os investimentos totalizaram R$ 520 milhões, um avanço de 1,5% comparado a junho. A Oi Móvel continua a ser a maior destinatária desses recursos, com 61% do total – R$ 317 milhões, após aumento de R$ 65 milhões no mês. Confira a distribuição no gráfico:

Investimentos da Oi em julho. Fonte: Escritório Arnoldo Wald, Oi

Com aumento de R$ 5 milhões (2,5% acima do registrado em junho), os recebimentos totalizaram R$ 2,057 bilhões. Já os pagamentos tiveram redução de 5% (R$ 80 milhões), chegando ao montante de R$ 1,529 bilhão. Segundo a Oi, a redução é explicada pelo pagamento em junho do Programa de Participação de Resultados (PPR) de 2019 aos funcionários desligados. 

Caixa

A entrada de caixa no mês foi de R$ 759 milhões, contra R$ 186 milhões em junho. De acordo com a Oi, "a variação é referente ao recebimento da BTSA [Brasil Telecom] vindo da PT Participações, devido à redução de capital da mesma".

Assim, com a entrada de caixa e o saldo positivo da geração de caixa operacional, o saldo final do caixa financeiro das recuperandas avançou 15,8% no sétimo mês do ano (R$ 768 milhões), somando R$ 5,639 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.