São Paulo cria programa para atrair startups que ajudem a inovar os serviços públicos

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin lançou nesta quinta-feira, 17, a primeira edição do Pitch.Gov.SP, programa que busca atrair iniciativas inovadoras para solução de desafios da administração pública estadual. Em parceria com a Associação Brasileira de Startups, entidade que representa e estimula o desenvolvimento de startups brasileiras, o projeto será o primeiro do gênero na América Latina.

A intenção do governo com o programa é de posicionar São Paulo como um dos Estados mais inovadores em seu continente, se igualando aos pioneiros no relacionamento com startups, como diversos estados americanos e também do Reino Unido.

"Quero fazer um convite a todos os 'startupeiros'. Se sua startup tem uma solução para os desafios de São Paulo, venha participar. Está no DNA de São Paulo a inovação, o empreendedorismo, estar na vanguarda da ciência e do conhecimento. Hoje estamos lançando o chamamento de empresas com ideias novas, para melhorar a qualidade do serviço público em setores estratégicos.", comentou Alckmin, otimista com o que está por vir. "Tenho certeza que teremos boas ideias para esses 35 desafios", disse.

O Pitch.Gov.SP, na realidade, é um programa de política pública que quer se aproximar das soluções tecnológicas desenvolvidas por empresas nascentes (startups), para questões de interesse público, que melhorem a vida do cidadão. A ideia, ao mesmo tempo em que se abre a essas inovações com enorme capital intelectual, é também estimular novos empreendedores, fortalecendo esse setor da economia.

Serão selecionadas 15 startups, que deverão ajudar o poder público a solucionar demandas da saúde, educação e facilidades ao cidadão. A ação é coordenada pela Subsecretaria de Parcerias e Inovação, ligada à Secretaria de Governo e conta com o apoio das Secretarias da Educação, Saúde e Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, além da Prodesp, Centro Paula Souza, Fundo Social de Solidariedade, Acessa SP e Poupatempo.

A Secretaria da Educação já é parceira da ferramenta Geekie+, que oferece planejamento de estudos para os 415 mil alunos da rede estadual que estão cursando o último ano do Ensino Médio e pretendem prestar o Enem. Na plataforma, o plano de estudos é feito com base nas disciplinas em que os estudantes têm mais dificuldade e precisam de atenção. De forma interativa, sugere exatamente os conteúdos necessários de acordo com as respostas de cada aluno.

O próprio governo de São Paulo, por meio da ARTESP, desenvolveu o aplicativo "Eu vi", que auxilia na fiscalização da qualidade das rodovias concedidas com a participação dos usuários e já contabiliza mais de 10 mil downloads.

Os exemplos são inúmeros e o governo divulgou, junto com o anúncio do Pitch.Gov.SP, 35 desafios para que as startups apresentem suas soluções. O processo de inscrição ocorre pelo site www.pitchgov.sp.gov.br e poderão participar pessoas jurídicas com CNPJ inscritos há no máximo cinco anos. Os candidatos deverão apresentar projetos que, preferencialmente, se enquadrem nos desafios propostos e com soluções concretas, que já possuem protótipos funcionais. A maturidade da solução é um dos critérios de avaliação.

As startups podem se inscrever para concorrer às vagas entre os dias 17 de setembro e 18 de outubro. As soluções selecionadas irão realizar sua apresentação no grande evento Pitch.Gov.SP no dia 17 de novembro, com a presença de representantes do governo de São Paulo, de grandes empreendedores do País, de potenciais investidores e demais pessoas envolvidas nesse ecossistema de inovação.

"O nosso tempo é o da velocidade da mudança e a tecnologia da informação é um instrumento extraordinário para melhorar a vida das pessoas", comentou o governador Alckmin em seu discurso.

Além da linha de financiamento às startups, que já existe, o governador Geraldo Alckmin, para fomentar ainda mais essa politica pública, determinou que a Desenvolve SP dê início aos estudos para a estruturação de um novo fundo de investimento em participações (FIP), voltado exclusivamente para startups que desenvolvam soluções para melhoria dos serviços públicos.

Alguns desafios apresentados para o Pitch Gov SP

Secretaria da Educação

Como manter um cadastro atualizado de pais e alunos (incluindo georreferenciamento), considerando as mudanças constantes de número de telefone e residência, para facilitar o processo de matrículas e acompanhamento dos estudantes?

Como registrar, monitorar e acompanhar dados dos alunos que possibilitem avaliação nutricional e melhorias na alimentação escolar?

Como disponibilizar acesso digital a livros, revistas, produções estudantis e outras publicações aos alunos e familiares?

Centro Paula Souza

Como criar um sistema de interação social entre professores, alunos, pais e gestores?

Saúde

Como tornar o monitoramento de doenças e a disseminação de informações técnicas e confiáveis sobre saúde mais eficientes por meio de aplicativos?

Como o médico pode registrar suas conclusões nos exames de forma mais rápida e completa do que a digitação?

Como diminuir o número de abstenções em consultas ou procedimentos agendados?

Fundo Social de Solidariedade

Como aproximar a população dos profissionais qualificados nas escolas de formação do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo?

Como disponibilizar os pontos de arrecadação de campanhas de doações, como a Campanha do Agasalho, de uma maneira prática para os usuários?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.