Pós-pago mantém ritmo, mas pré apresenta maior queda desde dezembro

Embora o mercado total brasileiro de telefonia móvel continue a apresentar queda, um segmento vem mostrando constante melhora: o pós-pago. Em junho, essa base apresentou um avanço de 301,1 mil linhas, ou 0,41% de crescimento, totalizando 74,649 milhões de linhas, de acordo com balanço da Anatel divulgado nesta quarta, 17. No acumulado de 12 meses, o segmento mostrou um aumento de 5,10%, ou 3,625 milhões de novas linhas. Com isso, a participação da base pós-paga era de 29,46%, um aumento de 0,33 ponto percentual em um mês.

Naturalmente, o pré-pago ainda é a maior parte da base móvel brasileira, com 70,54% dos acessos em junho, ou 178,758 milhões de linhas. Entretanto, o modelo foi responsável por todas as desconexões líquidas (2,125 milhões) no mês, redução de 1,17%. Foi também a maior redução na base desde dezembro de 2015 (quando registrou mais de 12 milhões de desligamentos). Comparado com junho do ano passado, a queda acumula 32,671 milhões de acessos, ou 15,45% de redução.

Confira a evolução do mercado no gráfico abaixo:

Evolução Pre-Pos Jun

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.