CEO da ICANN confirma saída

Atual CEO da entidade que controla domínios na Web, a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), Fadi Chehadé reiterou nesta segunda-feira, 17, sua intenção de se afastar do comando da entidade assim que completar a transição das funções da Internet Assigned Names and Numbers Internet Assigned Numbers Authority (IANA). Ele confirmou ainda que assumirá como conselheiro sênior de estratégia digital da empresa de investimentos Abry Partners, baseada em Boston, nos EUA.

O anúncio da transição do cargo de CEO da ICANN serviu também para Chehadé reafirmar que a corporação está em processo de finalização do repasse da tutela da IANA para o modelo multissetorial. "Estamos nos estágios finais da submissão da nossa proposta para o governo dos EUA, mas há mais trabalho a ser feito e eu permaneço pronto para finalizar o trabalho que eu e meus amigos e colegas começamos há tantos meses", declarou em post no blog da entidade.

O órgão do governo dos Estados Unidos que contrata a ICANN para administrar a IANA, a National Telecommunications & Information Administration (NTIA), vai colocar em escrutínio as propostas reunidas para a transição. Uma vez recebidos todos os documentos, cobrindo todas as demandas exigidas pela NTIA, o processo deverá ser aprovado (ou não) e ter uma data estabelecida para seu início, o que deverá acontecer no segundo semestre de 2016.

Todo o processo é uma demanda da comunidade internacional e é tido como um dos mais importantes para o estabelecimento de um modelo multissetorial de governança da Internet. Mas, em entrevista ao Washington Times no começo deste mês, Fadi Chehadé deixou claro que a transição das funções da NTIA é "mais do que tudo, simbólica" para "tirar todos os argumentos de países" que questionam o papel especial dos Estados Unidos na administração de domínios e nomes na rede, dizendo ainda que tudo o que mudará é que não haverá mais um funcionário da NTIA carimbando o trabalho da ICANN a cada vez que a Internet quiser adicionar um novo domínio.

No post desta segunda-feira, entretanto, Chehadé mostrou outro tom: "estamos prestes a fazer algo realmente notável, o triunfo do modelo multistakeholder". Assim, os EUA querem afastar a imagem de xerifes da Internet – sempre com parâmetros bem definidos para repassar o controle, mas de forma controlada.

1 COMENTÁRIO

  1. Graças à excelente post Bruno.
    Esta notícia veio como grande choque.
    A ICANN ceo realmente trouxe um lote de transformação para o domaining mundo.
    Agora de posse e registo e venda domínios são um grande negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.