Claro apresenta lucro no trimestre, mas prejuízo no semestre

A Claro Participações, subsidiária da América Móvil que é resultado da consolidação da Embratel e da Net Serviços com a operadora móvel Claro, publicou na noite da quinta-feira, 16, seu resultado financeiro referente ao segundo trimestre do ano, no qual registrou receita líquida de R$ 8,423 bilhões, um aumento de 2,8% em comparação com o mesmo período do ano passado em resultado proforma. Da mesma forma, a empresa teria ainda um aumento de 3,6% no acumulado do semestre, já que totalizou R$ 16,751 bilhões.

Notícias relacionadas
O lucro líquido, também considerando resultado proforma, caiu 99,2%, totalizando R$ 3,3 milhões no 2T15. No semestre, a companhia já registra prejuízo: R$ 2,083 bilhões, contra lucro de R$ 751,5 milhões no ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) fechou o trimestre encerrado em junho em R$ 2,537 bilhões, aumento proforma de 12,1%. No acumulado do semestre, o crescimento foi de 9,5%, total de R$ 4,953 bilhões. Já o resultado financeiro (total de proveitos menos o total de gastos e perdas) antes de impostos ficou negativo em R$ 89,5 milhões, contra ganhos de R$ 563,9 milhões no segundo trimestre de 2014.

A Claro afirma que reclassificou para custo os valores do Fust e Funttel de aproximadamente R$ 64 milhões referentes ao acumulado de seis meses do ano passado. Anteriormente, isso era apresentado como redutor de receita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.