Telcordia apresenta seu modelo de portabilidade

A diretoria da Telcordia, empresa norte-americana de serviços de telecomunicações, acredita que a sua experiência na implantação da portabilidade numérica adquirida nos nove países onde foi selecionada ajudará na conquista de mais um contrato, o brasileiro. Às vésperas do lançamento da RFP (Request for Proposal), prevista para este mês, que vai permitir o recebimento de propostas para a escolha da empresa fornecedora de toda a solução técnica, o presidente e o vice-presidente de soluções de interconexão Richard Jacowleff e Suresh Subramanian, vieram ao Brasil para se encontrar com representantes da Anatel e do Ministério das Comunicações e apresentar seu produto à imprensa.
Ao que tudo indica três grandes grupos oferecerão propostas na RFP: NeuStar em parceira com a ClearTech, Syniverse em parceria com HP e a Telcordia. Adolfo Delorenzo, diretor-executivo da Telcordia no Brasil explica que suas concorrentes (NeuStar e Syniverse) apresentaram propostas com parceiras porque não tem firma aberta no Brasil. ?Vamos entrar como Telcordia do Brasil, caso consigamos o contrato estudaremos a possibilidade de parceria na área de data center e help desk?, diz ele. ?Tudo dependo do que for solicitado na RFP?, completa. Delorenzo ainda afirma que a solução da Telcordia é mais barata porque foi desenvolvida internamente.
Além da RFP para o serviço de clearing house, a Telcordia pretende conseguir negócios com soluções voltadas para as operadoras. Trata-se de um gateway que interliga, a partir de um ponto único de controle, o sistema da operadora à base de dados da entidade administradora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.