Brasil recomenda arranjo de freqüências para IMT-2000

A delegação brasileira que participa do encontro da Citel (Comissão Interamericana de Telecomunicações), que acontece esta semana em Fortaleza, apresentou um projeto sobre os arranjos (harmonizações nas formas de uso) de freqüências para o IMT-2000. Os representantes brasileiros foram além, e recomendaram que o arranjo seja implementado por todos os países membros da Citel. Na proposta apresentada pela Anatel estão previstas a utilização das faixas de 806 MHz a 960 MHz, 1.710 MHz a 2.025 MHz e 2.110 MHZ a 2.200 MHz, seguindo recomendações da UIT. Segundo o vice-presidente da delegação brasileira e gerente-geral de certificação e engenharia de espectro da Anatel, Francisco Carlos Giacomini Soares, a implementação deste arranjo por todos os países das Américas vai facilitar a compatibilidade mundial e criar uma economia de escala.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.