Publicidade
Início Newsletter Algar Telecom testa 4G em Open RAN com oito fornecedores distintos

Algar Telecom testa 4G em Open RAN com oito fornecedores distintos

Photo by Karolina Grabowska from Pexels

A Algar Telecom está preparando os primeiros testes de redes de acesso abertas (Open RAN) sob sua rede comercial. A iniciativa baseada em 4G conta até agora com oito fornecedores diferentes e um orquestrador, de acordo com a operadora mineira.

Durante evento online organizado pela Convergência Digital, o diretor de tecnologia da Algar, Wendel de Melo, deu algumas pistas sobre o projeto.

“Na parte do 4G o Open RAN está mais maduro com o Split 2, que é uma arquitetura padrão com certo nível de maturidade. Queremos ter um bairro, localidade ou região de alguma das nossas cidades cobertura com solução 100% Open RAN”, afirmou o executivo, na ocasião.

Notícias relacionadas

Padronizada pela O-Ran Alliance, a arquitetura já teria uma “parte de serviço de dados com qualidade bastante razoável”, segundo Melo. Já outra opção (o Split 7) ainda careceria de alguns ajustes, principalmente no suporte de serviços de voz.

A Algar que realizar essas experiências mais agressivas em cima do padrão aberto ainda em 2021. Mesmo apontando benefícios como flexibilidade, a empresa pontuou que também há desafios operacionais sendo enfrentados.

“São oito fornecedores diferentes e um integrador. O modelo traz vantagens, mas é mais complexo”, afirmou o diretor de tecnologia. Um dos envolvidos no projeto é a Red Hat. Em paralelo, a Algar também quer incorporar arquiteturas abertas nas camadas de transporte e controle de rede.

Oi

Também participando do evento, a Oi evitou dar detalhes sobre projetos em andamento para redes de acesso abertas – até pela venda da divisão móvel da empresa. No entanto, o diretor de tecnologia da operadora, Mario Fukuda, deixou claro que a operadora pretende participar do ecossistema Open RAN.

“Posso te garantir que vamos ser provedores de infraestrutura para sustentar o Open RAN”, afirmou o executivo, refletindo a estratégia da empresa de foco em redes fixas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile