Telefônica propõe R$ 822,8 milhões em juros sobre capital próprio

Em reunião do Conselho de Administração realizada nesta segunda-feira, 17, a Telefônica Brasil fixou em R$ 822,8 milhões líquidos os créditos de juros sobre capital próprio (JSCP) relativos ao exercício social de 2019. Se considerado o valor bruto (antes da retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%), o montante definido alcança R$ 968 milhões. Os números precisam ser referendados em Assembleia Geral de Acionistas a ser realizada em 2020.

Conforme o aviso aos acionistas enviada pela companhia, o crédito dos JSCP será contabilizado de forma individualizada com base na posição acionária do dia 28 de junho de 2019. O pagamento do provento deve ser realizado até o final do exercício social de 2020, em data que ainda será definida.

O valor líquido do crédito por ação ordinária será de R$ 0,45695174961. Já as ações preferenciais terão valor líquido unitário de R$ 0,50264692458, ou cifra 10% maior que o atribuído a cada ação ordinária, conforme o estatuto. Os valores poderão sofrer ajustes futuros até o dia 28 de junho em função de eventuais aquisições de ações dentro do Programa de Recompra de Ações da Companhia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.