Quissamã/RJ tem 1.650 usuários de internet gratuita

O município de Quissamã/RJ tem apenas 17 mil habitantes. Há dois anos e meio, a prefeitura construiu uma rede gratuita de internet sem fio. Hoje, o número de usuários cadastrados para utilizar essa rede de graça já equivale a quase 10% da população: 1.650. Desse total, cerca de 1,4 mil são pessoas físicas e o restante são pessoas jurídicas ou órgãos governamentais. ?Imaginávamos que fôssemos ter apenas 400 usuários no primeiro ano de operação da rede, mas conseguimos 700?, lembra Gustavo Carneiro, diretor do projeto ?Internet Cidadão?, da prefeitura da Quissamã.
O projeto é um exemplo de sucesso entre as iniciativas de cidades digitais no Brasil. Quando a rede foi montada, havia apenas 200 PCs funcionando na cidade, nenhuma empresa de informática instalada, nenhum telecentro e apenas um site sobre Quissamã na internet: o da prefeitura. Hoje são mais de 1 mil computadores na cidade, há seis empresas de informática e mais de uma dezena de sites na internet sobre Quissamã, conta Carneiro.
A rede é composta de 11 torres e são utilizadas duas freqüências não licenciadas: 2,4 GHz para o acesso da população em geral e 5,8 GHz para o acesso de órgãos governamentais. Os links para a nuvem internet são fornecidos pela Embratel (8 Mbps) e pelo Proderj (10 Mbps). Até agora foi investido cerca de R$ 1,5 milhão no projeto.

Notícias relacionadas
O acesso para a população é totalmente gratuito, com banda de 128 Kbps para pessoa física e 256 Kbps para pessoa jurídica. De acordo com Carneiro, o uso de VoIP pela prefeitura sobre a rede montada gera uma economia com telefonia que arca com parte dos custos do projeto, mas o ideal seria poder cobrar de clientes corporativos para conseguir manter o subsídio do acesso gratuito a toda população. Porém, para tanto, a prefeitura teria que criar uma fundação para explorar o negócio.
Carneiro participou nesta quinta-feira, 17, do evento Digital Cities, no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.