Pulverização abre caminho para fusão BrT-Telemar, diz Fator

Uma possível nova pulverização do controle da Telemar poderia abrir caminho para uma fusão com a Brasil Telecom (BrT), se esta também diluir seu controle. Essa é a opinião do presidente do Banco Fator e ex-presidente da Telemar, Manoel Horácio da Silva. ?Só há espaço para três grandes grupos no Brasil. Devem ser Telefônica, Telmex e um grupo nacional?, prevê o executivo. ?Não sou nacionalista. Mas uma fusão desse porte seria capaz de economizar bilhões em custo de operação. Ambas as operadoras têm estruturas muito grandes?, comentou o presidente do banco Fator. Ele reconhece que não fez uma análise jurídica do assunto, mas acredita que com a pulverização seria possível realizar a fusão das duas concessionárias sem alterar a lei.

GVT

A respeito do processo de consolidação do setor de telecomunicações, Manoel Horácio aponta a GVT como possível alvo de aquisição. Ele destacou o fato de a rede da operadora ser nova e de a GVT ter conquistado uma carteira importante de clientes corporativos em sua região, fora o sucesso de sua recente abertura de capital. O presidente do Fator participou nesta terça-feira, 17, do 7º Rio Wireless, no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.