Claro, Ericsson e Qualcomm testam compartilhamento dinâmico de espectro 5G

A Claro, a Ericsson e a Qualcomm Technologies concluíram com sucesso testes de compartilhamento dinâmico de espectro (Dynamic Spectrum Sharing, ou DSS) entre o 4,5G e o 5G. Segundo a operadora nesta segunda, 17, a demonstração representa "uma importante conquista por tornar o compartilhamento de espectro comercial 5G uma realidade na América Latina".

Os testes foram realizados na sede da Claro na capital São Paulo. Para tal, foram utilizadas a banda licenciada da empresa, solução de compartilhamento de espectro da Ericsson e protótipo de dispositivo móvel 5G da Qualcomm. Para o diretor de engenharia da Claro, André Sarcinelli, o resultado demonstrou que as duas tecnologias (4,5G e 5G) convivem de forma harmoniosa, possibilitando uma conexão estável em alta velocidade a partir da implementação de ambas.

Dessa forma, a utilização da tecnologia 5G no espectro de bandas baixa ou média historicamente reservadas para 4G deve complementar a estratégia da Claro no deployment de quinta geração. "O compartilhamento do espectro garantirá à operadora fornecer cobertura 5G aos seus clientes o mais rápido possível", pontuou a empresa, também citando a perspectiva da licitação de espectro programada pela Anatel.

"O compartilhamento de espectro existente permitirá à Claro implementar o 5G de forma ágil e dinâmica, conforme a penetração de smartphones 5G cresça; e ao mesmo tempo, permitirá que a operadora racionalize seus investimentos, otimizando sua rede para cobertura e performance em todas as tecnologias", complementou Sarcinelli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.