Nokia demite mais 300 funcionários e terceiriza 820 atividades da área de TI

A Nokia divulgou nesta quinta-feira, 17, novas medidas de seu plano de reestruturação. Entre elas está a demissão de mais 300 empregados, como parte do corte de 10 mil vagas que fará neste ano, anunciado em junho do ano passado. O objetivo, segundo a fabricante, é racionalizar a área de tecnologia da informação para atender os objetivos do negócio.  Além disso, a empresa anunciou que as atividades de 820 funcionários da área de TI serão terceirizadas à HCL Technologies e à indiana Tata Consultancy Services. A Nokia não forneceu detalhes sobre quais são exatamente essas funções nem o valor total economizado com as providências. Elas informou apenas que os demitidos terão plano de aposentadoria e apoio financeiro.

Desde o surgimento dos smartphones, a Nokia perdeu seu posto de líder na fabricação de celulares por não conseguir estabelecer um ecossistema de aparelhos top de linha e acabou cedendo espaço para a Apple e Samsung. E mesmo após ter firmado uma parceria exclusiva com a Microsoft para equipar seus smartphones com o Windows Phone, ela continua enfrentando dificuldades para recuperar sua participação de mercado.

O balanço do quarto trimestre de 2012 da Nokia será divulgado no próximo dia 24, mas a fabricante finlandesa já antecipou que a receita com dispositivos móveis terá queda de 33%, ficando em torno de 3,9 bilhões de euros. A receita da área de celulares deve ter um recuo de 16% e a venda de aparelhos, de 14%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.