Índice de satisfação do Uber no Brasil é de 98,5%

Na interpretação de parâmetros de qualidade da Uber, o mercado brasileiro aceita bem o serviço, proporcionando bases mais sólidas para sua permanência. De acordo com o diretor geral da empresa no País, Guilherme Telles, o índice de satisfação do motorista e do passageiro que usam o aplicativo está acima da média. "Se está acima de 94% de satisfação, a chance (de o serviço vingar no país) é grande. No Brasil, estamos com 98,5% de satisfação", declara.

Telles endereçou os problemas de regulamentação do aplicativo de corridas particulares. "O poder público não tem função de barrar, mas sim de suportar o progresso", disse ele, durante seminário Telcomp, em São Paulo, nesta segunda-feira, 16. "Meu trabalho é que (a regulamentação desses serviços como Uber) seja o equivalente ao Marco Civil da Internet, que seja um Marco Civil da Economia Compartilhada."

O serviço está disponível atualmente em quatro cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. A previsão é que Porto Alegre também conte com a Uber já em dezembro deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.