Jobs queria que Apple tivesse rede Wi-Fi própria

Entre 2005 e 2007, a Apple avaliou seriamente a possibilidade de montar sua própria rede sem fio usando espectro não licenciado, como o utilizado no padrão Wi-Fi. Seria uma forma de não depender das operadoras móveis e poder controlar completamente a experiência de seus usuários, fim-a-fim. O projeto não foi levado adiante, ficando apenas no plano das ideias. A revelação foi feita em uma conferência esta semana, nos EUA, por John Stanton, ex-executivo de várias operadoras celulares norte-americanas e atualmente chairman da Trilogy Partners, uma empresa de venture capital, informam sites internacionais. Stanton disse que naqueles anos teve diversas conversas com Steve Jobs sobre o tema, até chegarem à conclusão de que passar por cima das teles não seria tão fácil.

Notícias relacionadas
Análise

A revelação póstuma sobre tais planos da Apple não surpreende. Pelo contrário, se encaixa perfeitamente na estratégia da empresa, sempre propensa a controlar a experiência de seus consumidores, moldando ecossistemas fechados onde entra quem ela quiser e quando bem entender. É uma postura diametralmente oposta àquela do Google, para o qual a abertura parece ser um princípio básico de quase todas as ferramentas que engendra para web ou celular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.