Intel cria fundo de US$ 100 milhões para start-ups de mobilidade

A Intel Capital, o braço de capital de risco da principal fabricante de chips do mundo, anunciou a criação de um fundo de US$ 100 milhões, cujo foco são start-ups na área de mobilidade ao redor do mundo. Batizado de "Intel Capital AppUp", o novo fundo já divulgou os dois primeiros investimentos: na norte-americana Urban Airship, que desenvolveu uma plataforma para vendas e assinaturas de aplicativos móveis, e na alemã 4tiitoo AG, que criou uma interface de código aberto para tablets chamada WeTab OS. Os valores destinados às duas empresas não foram revelados.

Notícias relacionadas
Em comunicado, a Intel explica que o objetivo com a criação do fundo é investir em empresas que produzam infraestrutura, middleware (programa que integra dois sistemas diferentes, como um programa e um sistema operacional), aplicações inovadoras e conteúdo digital em aparelhos conectados, especialmente envolvendo tecnologias multiplataforma – como HTML5 – e ultrabooks.

A Intel tem forte presença no mercado de PCs e dos notebooks, mas ainda não conseguiu encontrar seu espaço na área de mobilidade, hoje dominada pelo chip da ARM e por fabricantes como Qualcomm, Texas Instruments e NVidia. Enquanto não desenvolve uma família de chipsets para smartphones, ela procura influenciar o desenvolvimento de aplicações ou quaisquer outras soluções móveis através de fundos, como o Intel Capital AppUp, para que estas sejam amigáveis com sua arquitetura para desktops.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.