Samsung começa recall do Galaxy Note 7 e promete que novo modelo é seguro

Tim Baxter, presidente da Samsung EUA

A Samsung começou o recall do smartphone Galaxy Note 7 nos Estados Unidos. Em mensagem de vídeo postada na noite da quinta-feira, 15, o presidente e diretor-executivo de operações da sede norte-americana da fabricante, Tim Baxter, prometeu que o novo aparelho, que substituirá o modelo com bateria defeituosa, é seguro e deverá estar disponível "até no máximo a próxima quarta-feira, 21 de setembro". De acordo com a mensagem do executivo, a empresa ja trocou 100 mil unidades, mas a ideia é substituir todos os dispositivos.

"O novo Note 7 é seguro", garante Baxter por duas vezes no vídeo. Ele afirma que um especialista em baterias de lítio independente confirmou a segurança do novo aparelho, embora não tenha citado o nome. O executivo urge os consumidores norte-americanos a desligarem imediatamente o modelo original do smartphone, entregando ao sistema de recall para trocar pelo novo.

No vídeo, ele ressalta a preocupação da empresa sul-coreana com a segurança. "Por isso, pedimos desculpas, especialmente aos que foram afetados diretamente com isso", diz Baxter. "Vamos trabalhar todos os dias para ganhar de volta a sua confiança por meio de um número de ações sem precedentes e com apoio extraordinário de nossos parceiros de operadoras, fornecedores e a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos."

O recall global do Galaxy Note 7 foi oficializado no dia 2 de setembro. O motivo é uma falha na bateria que pode danificar o aparelho – de acordo com relatos da imprensa da Coreia do Sul, isso poderia causar explosão na hora de carregar o dispositivo. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) emitiu nesta semana recomendação a todas as companhias aéreas brasileiras que orientem passageiros a não ligarem ou tentarem carregar o aparelho durante voos.

Em comunicado publicado no site para imprensa no Brasil, a Samsung confirmou que o Galaxy Note 7 terá o lançamento no País adiado. A companhia disponibilizou telefones para atendimento ao consumidor com mais informações a respeito do caso: 4004-0000 (capitais) e 0800-124-421 (demais cidades). O smartphone seria lançado na primeira quinzena de setembro no Brasil por R$ 4.299.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.