66% dos brasileiros recebem spam por SMS toda semana

Dois em cada três usuários brasileiros de telefonia móvel recebem mensagens não solicitadas (spam) por SMS pelo menos uma vez por semana. É o que revela uma nova pesquisa realizada pelo Mobile Ecosystem Forum (MEF). Para ser mais exato, 34% dos brasileiros disseram que recebem spam por SMS diariamente; 22%, de uma a três vezes por semana; e 10%, uma vez por semana. 4% responderam que recebem uma vez por mês; 18%, ocasionalmente; e 11% nunca receberam.

A pesquisa perguntou também qual é a reação dos brasileiros diante de spam por SMS. A maioria (55%) apaga a mensagem; 26% reclamam com a operadora, com a empresa que enviou ou com outras entidades; 11% não fazem nada; e 8% escrevem de volta para o remetente pedindo para não receberem mais esse tipo de mensagem.

Mundo

O estudo entrevistou ao todo 6 mil usuários de telefonia móvel de nove países (Brasil, China, França, Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, Índia, África do Sul e Nigéria). Na média mundial, 58% disseram que recebem spam por SMS pelo menos uma vez por semana. Ou seja, o Brasil está pior que a média.

O recordista é a Nigéria, onde 76% das pessoas recebem mensagens de texto indesajadas semanalmente, sendo que 47% afirmam que elas chegam todo dia. O mercado que menos sofre com esse problema é a Alemanha, onde apenas 28% das pessoas recebem spam por SMS semanalmente.

Uma curiosidade: o Reino Unido é o único mercado onde as pessoas tendem mais a reportar um spam do que simplesmente apagá-lo. 55% dos britânicos responderam que alertam sua operadora ou autoridades competentes sobre o recebimento de um spam por SMS, enquanto 36% preferem deletar imediatamente a mensagem. O Brasil é o mercado onde menos gente procura tomar uma providência contra os spams (somente 26% reclamam com sua operadora ou outras entidades).

Phishing

O estudo procurou medir também o ocorrência de phishing por SMS, ou seja, o envio de mensagens de texto falsas, que tentam se passar por mensagens verdadeiras de empresas ou entidades para roubar dados dos consumidores. Um em cada três usuários (33%) no mundo disseram já ter recebido esse tipo de mensagem alguma vez na vida. 45% nunca receberam e 22% não souberam responder.

O phishing por SMS é mais grave em mercados emergentes. Na Nigéria, 60% dos entrevistados afirmaram já rerem recebido esse golpe. Em seguida vieram África do Sul (48%), China (47%) e Brasil (39%).

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu sempre encaminho p/ 7726 (representação numérica da palavra SPAM), as operadoras dizem que é p/ alimentar um banco de dados de spammers e futuramente bloquear SMSs desses remetentes, se funciona não sei.

  2. Já trabalhei em uma empresa de telecom e as denúncias para o 7726 sao analisadas e bloqueadas quando identificado spam. Vale a pena denunciar pois é gratuito e o fraudador bloqueado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.