BBC aponta má vontade de reguladores com o broadcast na disputa por espectro

Não são apenas as TVs comerciais que entraram na disputa por espectro. A percepção de que reguladores estão ignorando radiodifusores na discussão sobre o destino da faixa dos 700 MHz, apontada pela Globo durante a IBC 2013, em Amsterdã, também encontra eco na radiodifusão pública.

Alix Pryde, diretora de distribuição da BBC, fez um apelo para que reguladores deem mais atenção ao broadcast. "As pessoas pensam que o futuro é a banda larga móvel, mas subestimam a quantidade de dados que nós distribuímos para as casas das pessoas", disse. "A TV terrestre é uma tecnologia estabelecida e carrega milhares de vezes mais dados que a banda larga móvel", completou.

A executiva falou em um painel onde deveria apresentar a solução mais inovadora que encontrou no evento. Pryde apresentou, justamente, uma nova tecnologia do padrão DVB que permitirá que broadcasters transmitam em 4K. A transmissão em mais definição é o argumento dos broadcasters para manter parte da faixa dos 700 MHz, permitindo a evolução do serviço de TV.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.