Para Telebrasil, PLC 116 ampliará acesso aos serviços convergentes

A aprovação do PLC 116/2010, que cria novas regras para o setor de TV por assinatura e que permite a entrada das concessionárias do STFC no mercado de TV a cabo e cria cotas de conteúdo nacional, "ampliará a oferta de serviços convergentes, incentivará a concorrência e provocará a redução dos preços, aumentando a penetração do serviço". A declaração é da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).
A Telebrasil ressalta que "a oferta de pacotes de serviços convergentes – com telefonia, banda larga e TV por assinatura – propiciará um novo ciclo de investimentos no setor", e lembra que, de acordo com estudo encomendado pela instituição, "para massificar a banda larga no Brasil, triplicando o número de acessos, serão necessários R$ 144 bilhões até 2020". Segundo a associação, desde a privatização das telecomunicações, em 1998, mais de R$ 235 bilhões foram investidos pelas operadoras. "Atualmente, o fluxo anual de investimentos é de R$ 17,8 bilhões, o que significa aproximadamente R$ 50 milhões por dia".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.