Azureus expande horizontes no mercado de vídeo online

"Todos vêm ao MIP com um foco específico. O meu é mais complicado: quero ver tudo, de todas as partes do mundo", definiu o CEO da Azureus, Gilles BianRosa, em entrevista exclusiva a este noticiário, que acompanha esta semana o MIP TV 2007, um dos principais eventos de conteúdos do mundo que acontece em Cannes.
A empresa, uma das mais conhecidas redes de troca de arquivos peer-to-peer da Internet, lançou há poucas semanas sua nova plataforma de distribuição de vídeos, a Vuze. Por enquanto, a maior parte dos conteúdos disponível é para os EUA, mas Gilles BianRosa quer abrir as portas para conteúdos de e para todo o mundo.

Comunidade de usuários

A rede conta com servidores próprios e com toda a base de clientes, que funcionam também como servidores locais de arquivos. BianRosa define o Vuze como uma plataforma aberta, onde qualquer um pode disponibilizar seus conteúdos, inclusive de alta definição, pagos ou gratuitos.
Os detentores de conteúdos podem mandar suas produções à Azureus que, após o clearance dos direitos, coloca à disposição de todos para download. Se for um conteúdo pago, a empresa cobra do usuário e repassa uma parte ao detentor dos direitos. Mas muitos conteúdos são gratuitos, oferecidos para divulgar por exemplo um filme ou um programa de TV.
A plataforma Azureus já foi instalada por 140 milhões de pessoas, e há cerca de 15 milhões de usuários ativos diários. "Nossos usuários representam o futuro do consumidor de mídia, que quer conteúdos on-demand, em alta definição, com facilidade de busca e de uso", afirmou BianRosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.