Por coronavírus, centro espacial da Guiana Francesa cancela lançamentos

Em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19), lançamentos de satélites previstos para o Centro Espacial da Guiana (CSG), na Guiana Francesa, foram suspensos a pedido do governo francês.

As informações foram compartilhadas nesta segunda, 16, pela Arianespace, operadora do espaçoporto localizado na cidade de Kourou. Segundo a empresa, "preparativos para lançamentos serão retomados assim que permitido pelas condições de saúde".

Notícias relacionadas

"Essa medida excepcional foi projetada para proteger a saúde dos funcionários e da população local, além de manter a segurança necessária para a preparação de lançamentos programados", prosseguiu a companhia francesa. A Arianespace ainda deve trabalhar ao lado da agência espacial francesa (a CNES) para "colocar lançadores e satélites em condições de espera segura, de acordo com os procedimentos padrão".

Construído na Itália, o lançamento de um foguete da Vega deveria ser o próximo a ocorrer a partir de Kourou (o procedimento estava marcado para o dia 23 de março); 44 artefatos comerciais e de governos seriam colocados em órbita. Já para 6 de abril estava marcado o lançamento do satélite Falcon Eye-2 a partir do foguete russo Soyuz.

Vale lembrar que foi a partir do CSG que o foguete Ariane 5, da Arianespace, foi lançado em maio de 2017 com o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações brasileiro, o SGDC-1. Muitos outros artefatos que cobrem o Brasil, como o SES-14, o Sky Brasil-1, o Eutelsat 8WB e o Amazonas-3 também foram lançados a partir do centro em Kourou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.