TIM inaugura antena movida a energia eólica no Rio Grande do Norte

A TIM anunciou nesta quarta-feira, 16, a implementação da primeira antena da empresa movida a energia eólica. O "biosite" foi instalado no balneário de Pipa, na cidade de Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte.

A estação para cobertura 4G também servirá em breve para testes da tecnologia 5G, de acordo com a operadora. A proposta da solução, que é similar a um poste de iluminação pública com equipamentos de telecom no interior, é ser incorporada à paisagem e ao mobiliário urbano

Hoje a TIM contabiliza mais de 1,7 mil biosites no modelo tradicional em todo o País. Desenvolvida pela operadora em seu Centro de Desenvolvimento em Guaratiba (RJ), a solução para densificação de redes móveis começou a ser implantada pela empresa em 2014, ganhando agora a modalidade eólica.

Notícias relacionadas

Do ponto de vista técnico, a antena da TIM é diferente das torres eólicas tradicionais, uma vez que as pás são posicionadas na vertical, no topo do poste metálico. Isso garante que o movimento seja mais silencioso e eficiente, além causar menor impacto visual, de acordo com a operadora.

"A TIM vem ainda investindo em estruturas sustentáveis para superar o desafio de conseguir chegar cada vez mais em áreas remotas e de difícil acesso, utilizando, por exemplo, fontes de energia renováveis, como é o caso das antenas com painéis fotovoltaicos, que funcionam com energia solar e que não precisam de rede elétrica para levar cobertura a rodovias e vilarejos", afirmou a empresa. Agora envolvendo também a matriz eólica, a iniciativa se coaduna com os compromissos de governança ambiental, social e corporativa (ESG) assumidos pela operadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.