Questão da Tess II

Com isso, fica um pouco mais difícil para o consórcio formado pelas empresas CR Almeida, Eriline e Telia conseguir validar sua proposta para o interior de São Paulo. O recurso da Tess ainda será julgado pelo STJ. Caso realmente seja desclassificada, a Tess sai da disputa e a concessão passaria à Telet, o consórcio com a segunda melhor colocação para a área (depois da desistência da Avantel, que saiu da licitação).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.