Ofcom inicia consulta de atribuição de frequências para o 5G

A Ofcom abriu hoje consulta pública para estabelecer a destinação de parte do espectro de frequências para o 5G. A agência reguladora britânica conclama a indústria, em sua página na Internet, a ajudar a assentar as fundações para a próxima geração de comunicação móvel no Reino Unido e prevê o uso de frequências muito altas, acima de 6 GHz, para suportar altas demandas de usuários em áreas de grande concentração populacional, com velocidades entre 10 Gbps e 50 Gbps.

A Ofcom lembra que a tecnologia de 5G deve demandar blocos mais extensos do espectro para conseguir atingir tamanha velocidade, algo mais complicado de se alocar em frequências mais baixas, já bastante utilizadas pelos mais variados serviços.

Ainda que não haja uma data certa para o lançamento de serviços 5G (a tecnologia só deve ser padronizada em 2018, com previsão das primeiras redes pré-comerciais para 2020), a agência considera importante realizar esses estudos agora para entender como essas frequências podem ser alocadas para o futuro. As empresas têm até o dia 27 de fevereiro para enviar suas contribuições.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.