BrT nega estar preparando reestruturação societária

A não aprovação da reestruturação societária da Telemar foi ruim também para as ações da Brasil Telecom, mas não foi exatamente uma surpresa. Fontes da BrT avaliam que o modelo de reestruturação proposto, ainda que interessante, carregava o ônus de, paralelamente, incluir uma venda de controle da companhia. "A relação de troca foi toda calculada considerando o quanto os controladores acharam que valeriam suas posições, o que acabou sendo considerado abusivo pelos minoritários", diz uma fonte que observou atentamente todo o processo.
A Brasil Telecom, contudo, nega as informações publicadas por alguns jornais de grande circulação de que estaria já fazendo uma avaliação para uma reestruturação semelhante. E nega especificamente, e com veemência, que tenha contratado ou sequer sondado o mesmo escritório de advocacia que fez a reetruturação da Telemar. Trata-se do escritório Barbosa, Müssnich e Aragão, que tem entre seus sócios Francisco Maciel Müssnich, advogado intimamente ligado a Daniel Dantas e que foi um dos mais ativos personagens na época da expulsão do Opportunity da gestão da BrT. Müssnich presidiu assembléias em que o grupo de Daniel Dantas tentou evitar, com manobras diversas, a sua destituição. Segundo fontes da Brasil Telecom, seria impensável a contratação deste escritório, contra os quais a Brasil Telecom tem, inclusive, pendências judiciais. Aliás, haveria conflito de interesses, já que o escritório de Francisco Müssnich presta serviços para o Opportunity. Ou seja, a notícia é absolutamente inverídica, diz fonte da Brasil Telecom.
A BrT considera que a reestruturação da Telemar era um parâmetro para todo o mercado, dada a sua importância inclusive conceitual, e que obviamente os eventuais erros cometidos pela tele terão que ser avaliados, diz uma fonte. Mas, por enquanto, não existe nada em andamento.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.