Portabilidade proporciona mais de 45 milhões de transferências em 10 anos

Fonte: pixabay.com

Na última década no Brasil, 45,66 milhões de processos de mudança de operadoras de telefonia com portabilidade foram realizados. Os dados são da ABR Telecom (Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações), entidade administradora da portabilidade numérica no Brasil, e foram divulgados nesta segunda-feira,15.

Desde setembro de 2008, quando o serviço de portabilidade passou a ser oferecido no País, até o dia 30 de setembro de 2018, foram efetivadas 15,21 milhões (33%) de migrações por usuários de telefones fixos e 30,45 milhões (67%) a partir de iniciativa de titulares de números de terminais móveis. A portabilidade numérica começou a ser implantada gradativamente nos 67 DDDs em operação e as migrações foram possíveis em todo o território nacional a partir de março de 2009.

Considerando apenas o terceiro trimestre de 2018 (julho a setembro), a ABRTelecom apurou 1,69 milhão de trocas de operadoras foram concluídas. Nesses três meses, 344,71 mil (20%) migrações foram feitas por usuários de terminais fixos e 1,34 milhão (80%) demandadas por titulares de telefones móveis.

Conforme dados da entidade, os anos em que mais ocorreram transferências foram 2011, com 5,3 milhões, e 2017, com 5,8 milhões. No ano de 2018, até setembro, foram 5,067 milhões de migrações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.