Oi capta R$ 3,6 bilhões em notas promissórias

A Oi comunicou ao mercado nesta sexta-feira, 15, que concluiu a captação de R$ 3,6 bilhões em nota promissórias com o bancos Itaú BBA, Santander, Bradesco BBI e ABN Amro Real. Foram emitidas 144 notas no valor de R$ 25 milhões cada uma. A operação tem prazo de dois anos ao custo de CDI mais 1,6% ao ano.
A captação via notas promissórias foi a segunda etapa realizada pela Oi na busca de recursos para realização da compra da Brasil Telecom (BrT), cuja conclusão requer ainda a alteração do Plano Geral de Outorgas (PGO) pela Anatel. A primeira etapa consistiu na emissão de Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) do Banco do Brasil no valor total de R$ 4,3 bilhões. A Oi pretende captar ao todo R$ 11 bilhões, o que representa 85% dos R$ 13 bilhões que serão gastos na compra da BrT – valor que inclui o tag along e as ofertas públicas voluntárias de aquisição de ações (OPAs). Na terceira e última etapa de captação, os R$ 3,1 bilhões que faltam serão obtidos no exterior. Essa etapa acontecerá até o fim do ano e são avaliadas as seguintes formas de captação: bônus, empréstimos ou obtenção de recursos junto a organismos multilaterais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.